O PORQUÊ DE TUDO ISTO

O Movimento Transformers surgiu para combater o problema da falta de envolvimento cívico e social por pessoas em todo o mundo.

Só em Portugal, segundo o World Giving Index da Charities Aid Foundation, apenas 1 em cada 10 pessoas, em média, faz voluntariado.

Nós achamos que isto não é nada fixe, e percebemos que as pessoas não se envolvem não porque não queiram, mas porque ainda não encontraram a sua forma de fazer a diferença. E é por isso que a nossa missão é aumentar o envolvimento das pessoas nas suas comunidades através daquilo que mais gostam de fazer.

A forma como nós olhamos para este problema.

Nós acreditamos que todos têm de alguma forma a vontade de transformar, de deixar uma marca e de contribuir para o avanço do mundo: do rapaz que treina breakdance na rua à senhora que faz crochet em casa e ao funcionário do Serviço de Finanças do bairro.

No entanto, muitos de nós nunca tiveram a oportunidade de descobrir e desenvolver o seu superpoder (algo que gostamos de fazer que podemos usar para transformar). E é isso que nós queremos mudar: dar a mais pessoas a possibilidade de descobrir e aprender o seu superpoder para que todos possamos fazer a diferença através do que mais gostamos de fazer.

Resolver os problemas da nossa comunidade

Aquilo que mais gostamos de fazer, o nosso talento ou o nosso superpoder é aquilo que nos permite transformar o mundo. E para isso acontecer só temos de o partilhar com os outros. Acreditamos que todos nós podemos ajudar a resolver os problemas da nossa comunidade e tornar o nosso mundo cada dia melhor.

Para isso, durante o ano lectivo os nossos mentores trabalham com os seus aprendizes diferentes valores sociais que vão sendo passados através da actividade que estão a aprender. No final do ano é a vez dos aprendizes devolverem à comunidade aquilo que estiveram aprender, a este momento chamamos Payback! O Payback é o resumo de um ano de transformação onde os aprendizes identificaram um problema social da sua comunidade e tentam resolvê-lo através da atividade que receberam.